100%

Em 25 anos de história, Morro Grande atrai pela qualidade de vida.

Quem chega a Morro Grande, município situado a 50 quilômetros de Criciúma, percebe como a localidade faz jus ao nome. Os primeiros habitantes, descendentes de italianos, chegaram por volta de 1918 e, ao derrubarem as árvores para dar início às plantações, constataram que o local era cercado de morros, planaltos e planícies.

Atualmente, com quase 3 mil habitantes, Morro Grande preserva as características de cidade de interior. “Moro aqui há 40 anos, assim como toda a minha família. É muito tranquilo e gostoso. Tudo que precisamos, tem pertinho. É um lugar muito bom de morar, com pouquíssima criminalidade. Não trocaria por outra cidade”, conta o gari Agenor Ribeiro Pereira, de 49 anos, conhecido por ser quem faz a festa nas viradas de ano no município. “Eu é que estouro foguetão e bateria. Garanto o barulho em Morro Grande”, brinca Pereira.

Antes de Morro Grande ser elevado a distrito do município de Meleiro, em 1961, o mecânicoValmir de Luca já morava na localidade. Hoje, aos 65 anos, ele lembra que muita coisa mudou. “Agora está bom, tem asfalto e tudo que uma cidade precisa. O novo prédio da Prefeitura levou muito tempo para ser feito, mas enfim está saindo”, comenta. De Luca também observa a movimentação de haitianos e imigrantes africanos que chegaram à cidade em busca de trabalho nos aviários. “Muitos vieram e muitos já foram embora”, ressalta.

Agricultura

A maioria da população vive na zona rural e trabalha na agricultura. A economia é baseada na produção de arroz, fumo, milho, madeira e também se destaca na produção de corte de frango. O trabalho com o fumo já foi mais forte, conta a avicultora Ana Maria Correa Biff. “Teve uma época que estava ruim para o fumo e agora trabalhamos com frango, que também deu uma caída. Mas, dizem que em maio o corte de frango volta com força total. O frango daqui é muito bom para exportação”, considera.

O marido de dona Ana, Jacinto Dalmolin Biff, é diretor de Agricultura e lembra que, da produção, o primeiro lugar está com o arroz, depois vem a avicultura e em terceiro lugar o fumo. “Cuido da silagem, das retroescavadeiras e levantamos chão para plantar fumo”, descreve Biff.

Histórico político

Em 1961, Morro Grande foi considerado um distrito, pela lei estadual nº 777, de 1 de dezembro de 1961, no qual ficava subordinado ao município de Meleiro. O responsável pelo ato foi o então prefeito de Turvo, Antonio Dandolini. Na ocasião nomeou Líbero Sartori como o primeiro intendente distrital. Permaneceu assim por anos, até que, em 1992 foi elevado à categoria de município com a denominação de Morro Grande, pela lei estadual nº 8559, de 30 de março de 1992, desmembrado de Meleiro.

Prefeitura terá nova sede

Após quase dois anos em construção, o novo Centro Administrativo de Morro Grande será inaugurado no dia 29 de abril, também como parte das comemorações de aniversário da cidade. Conforme o prefeito Valdionir Rocha, o Valdo, 80% dos trabalhos da Prefeitura estarão concentrados no prédio, ficando a Secretaria de Saúde no local onde está atualmente.

Em dezembro de 2015, Valdo assinou, em Florianópolis, contrato de empréstimo para a construção do prédio, por meio do Programa Badesc Cidades Juro Zero, no valor de R$ 1 milhão, com prazo de quatro anos para pagar. A contrapartida da Prefeitura é de R$ 745 mil.

O prédio do novo centro administrativo chama atenção pela modernidade da arquitetura e já é considerado entre as mais bonitas sedes de prefeitura da região.

 

Primeira etapa do Anel de Contorno Viário está concluída

Os caminhões pesados que circulam por Morro Grande já estão utilizando o Anel de Contorno Viário do município, que está com a primeira etapa concluída. O trabalho agora, conforme o prefeito Valdo, é buscar recursos para fazer o asfalto.

Para a primeira etapa foram investidos R$ 500 mil do Governo do Estado, com contrapartida da Prefeitura.

O anel viário foi projetado para desviar o tráfego pesado do Centro e tem 1,4 quilômetro de extensão. A estimativa é de que passem entre 950 a mil veículos diariamente pelo Centro de Morro Grande e, quando o asfalto do novo trecho estiver pronto, boa parte deste tráfego será realocado para o contorno.

Festa de aniversário da cidade começa nesta quinta-feira

Os 25 anos de Emancipação Político-Administrativa serão comemorados como tradicionalmente é feito no município. “Procuramos fazer sempre com as programações tradicionais, como o passeio ciclístico, o sorteio de bicicletas e atrações culturais. Serão dois dias de programação”, ressalta o prefeito Valdionir Rocha, o Valdo, considerando que os morro-grandenses têm muito a comemorar.

“É um dos municípios que mais se desenvolveu na Amesc, em todos os setores. Crescemos na indústria, no comércio, na agricultura, enfim, Morro Grande é muito promissor e, em curto prazo, teremos a cidade que todos os morro-grandenses querem. Estamos com diversas obras públicas também, o que mostra o nosso desenvolvimento”, enaltece o prefeito.

Protocolos desta Publicação:Criado em: 03/04/2017 - 9:16:46 por: Silvane Correia Biff Figueiro - Alterado em: 03/04/2017 - 9:16:46 por: Silvane Correia Biff Figueiro

Notícias

Turismo é responsável por 8% da economia, participação no PIB cresce
Turismo é responsável por 8% da economia, participação no PIB cresce

A participação do Turismo no Produto Interno Bruto (PIB) nacional cresceu, nos últimos anos, e o setor já é responsável por mais de 8% da economia, com a cerca de 7 milhões de trabalhadores empregados. Os números foram mostrados pelo estudo do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC, na sigla em inglês), que evidência o discurso e o trabalho da Confederação Nacional de Municípios (CNM), no sentido de mostrar os benefícios do setor para a economia e para a geração de...

Confederação apresenta emendas ao projeto que cria a Gestão Compartilhada
Confederação apresenta emendas ao projeto que cria a Gestão Compartilhada

Proposta com o objetivo de facilitar o acompanhamento orçamentário, financeiro e físico da execução de obras, da prestação de serviços públicos e da aquisição de materiais e equipamentos pelo cidadão acaba de receber contribuição da Confederação Nacional de Municípios (CNM) a fim de garantir a execução por parte da administração municipal. Por meio de uma articulação com o líder do maior bloco partidário da Câmara dos Deputados, o deputado Elmar Nascimento (DEM-BA),...

Dia da Mulher: planejamento com enfoque em gênero torna espaços públicos mais seguros e inclusivos
Dia da Mulher: planejamento com enfoque em gênero torna espaços públicos mais seguros e inclusivos

Planejar as cidades e desenvolver espaços públicos sob uma perspectiva de gênero pode parecer complexo e até restritivo, mas alguns exemplos na América Latina e do Norte, incluindo o Brasil, têm mostrado como tornar os centros urbanos mais seguros e inclusivos para as mulheres. Segundo o Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia, as ações podem começar com a reavaliação da infraestrutura e de elementos como sinalização, visibilidade ou vigilância, que impactam diretamente...

Programas de erradicação da pobreza podem ser avaliados por índice multidimensional
Programas de erradicação da pobreza podem ser avaliados por índice multidimensional

Um critério técnico para avaliar o cumprimento pelo Brasil da erradicação da pobreza, um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), pode ser criado se o Projeto de Lei (PL) 218/2019 for aprovado pelo Congresso e sancionado pela presidência da República. A proposição determina que os resultados dos projetos criados pelo governo, com essa finalidade, sejam medidos e monitorados por índice multidimensional da pobreza. O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas...