100%

Lei da Terceirização: medida é alvo de questionamento no Supremo

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve analisar a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5685 contra a Lei 13.429/2017, que trata da terceirização. A medida – sancionada pelo presidente da República no dia 31 de março – estabelece normas relativas a trabalho temporário nas empresas urbanas e a relações de trabalho na empresa de prestação de serviços a terceiros. A ação foi ajuizada pela Rede Sustentabilidade e terá a relatoria do ministro Gilmar Mendes. O partido pede a concessão de medida cautelar para suspender a eficácia da lei até a decisão final do STF sobre a matéria.

Para a Rede, a norma apresenta inconstitucionalidade formal. Isso porque, justifica a Rede, o projeto de lei ficou parado no Congresso Nacional por mais de três legislaturas após o requerimento, em 2003, pelo então presidente Lula. O Projeto de Lei 4.302 começou a tramitar em 1998, como proposta do então presidente Fernando Henrique Cardoso. “De modo surpreendente, o projeto de lei foi subitamente ressuscitado após a emissão de seus pareceres no próprio plenário da Câmara, momentos antes da votação, no dia 22/03/2017, com aprovação da matéria”, questiona.

Além disso, o autor defende que a lei ofende o princípio da proteção ao trabalho, entre outros preceitos constitucionais. O partido aponta que a ampliação irrestrita da terceirização, sem quaisquer cautelas mitigadoras dos seus perversos efeitos, dada a sua manifesta vocação predatória e precarizadora do mínimo equilíbrio desejável nas relações de emprego, ofende de modo inequívoco o alcance normativo do preceito constitucional do princípio da proteção ao trabalho.

Questiona-se, ainda, a terceirização nas atividades da Administração Pública. Para a Rede, a medida viola frontalmente o preceito fundamental do concurso público, previsto no artigo 37 (caput e inciso II) da Constituição. “Permitir a terceirização das atividades institucionais de órgãos e entidades da Administração Pública afigura violação grave ao núcleo essencial do princípio constitucional do concurso público, uma vez que o objetivo essencial do seu comando normativo é a promoção da isonomia”.

Agência CNM, com informações do STF


Fonte: Portal CNM - Confederação Nacional de Municípios

Notícias

Representantes de diversas localidades do mundo debatem sobre implementação do ODS
Representantes de diversas localidades do mundo debatem sobre implementação do ODS

Os participantes da Oficina Internacional Implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) marcaram presença em um webinar, que é uma webconferência no qual a comunicação é de uma via apenas, ou seja, somente uma pessoa se expressa e as outras assistem. A webconferência foi promovida em parceria com a Organização Mundial Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU). A diretora da Organização, Sara Hoelfich, iniciou a explicação reforçando a importância de que...

Mais Médicos: 53% dos profissionais com registro no Brasil já se apresentaram nos Municípios
Mais Médicos: 53% dos profissionais com registro no Brasil já se apresentaram nos Municípios

Pelo menos 53% dos profissionais da medicina que possuem registro no Brasil já se apresentaram nos Municípios escolhidos, segundo balanço do edital de convocação do Programa Mais Médicos do Ministério da Saúde. De acordo com os números fechados nesta segunda-feira, 10 de dezembro, 4.508 médicos compareceram ou iniciaram as atividades nas localidades. Sexta-feira, dia 14, é a data limite para apresentação dos profissionais nas cidades selecionadas. Após esse processo, a data de...

Municípios têm até dia 5 de dezembro para regularizar documentação do PAC no Sismob
Municípios têm até dia 5 de dezembro para regularizar documentação do PAC no Sismob

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta aos Municípios com obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) que têm indicativo de conclusão ou estão em vias de concluir precisam regularizar documentação no Sistema de Monitoramento de Obras (Sismob). O prazo para responder às diligências é até 5 de dezembro de 2018. A CNM alerta que caso as obras estejam paralisadas ou sem resposta do Município, serão canceladas. Em alguns casos foi identificado que a obra...

Recursos liberados para o Turismo, de R$ 243 milhões, devem ser aplicados ainda este ano
Recursos liberados para o Turismo, de R$ 243 milhões, devem ser aplicados ainda este ano

Mais R$ 243 milhões para o Turismo foram liberados e devem ser aplicados ainda este ano, para financiamento do setor de viagens e turismo. Com a verba destinada ao Fundo Geral de Turismo (Fungetur), gerenciado pelo Ministério do Turismo, o orçamento da área sobe dos atuais R$ 43,2 milhões para cerca de R$ 286,4 milhões. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) acredita que a verba vai impulsionar iniciativas e projetos em diversas localidades do país. Os recursos suplementares...

Saldo em conta: CNM comemora ferramenta para consulta ao Fundo de Saúde
Saldo em conta: CNM comemora ferramenta para consulta ao Fundo de Saúde

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que o Fundo Nacional de Saúde (FNS) disponibilizou nesta quinta-feira, 29 de novembro, uma nova ferramenta disponível na página inicial do portal FNS. O instrumento permite a consulta de saldo de contas correntes de Fundos de Saúde. Com a ferramenta, o gestor pode verificar a existência de contas correntes abertas pelo Fundo no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal que receberam repasses efetuados na modalidade fundo a fundo...

DENGUE, HIV e AIDS.
DENGUE, HIV e AIDS.

A Secretaria Municipal De Saúde juntamente com as agentes comunitárias e os responsáveis pelo Programa de Combate a Dengue, Vandriele e Genoveva, realizaram na manha deste dia 29 de novembro a entrega de material educativo com os temas: Dengue , HIV e AIDS . As entregas serão realizadas nos comércios Morrograndenses e para população em geral.
Prevenção nunca é demais!